Obrigado! Você passará a receber nossas novidades.
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Inglês
-
15/9/2021

Travou na hora de falar inglês? Quatro motivos por que isso acontece e como superá-los

Você trava na hora de falar inglês? Entende o que as outras pessoas falam, sabe o que precisa dizer, mas engasga ou tem um branco na hora de falar? Tudo bem. Deixa eu te contar algo muito importante: quase todos as pessoas que hoje falam inglês fluentemente já passaram por isso.


É normal que você se sinta intimidado, inseguro e hesitante na hora de falar inglês. Neste texto eu vou lhe dar algumas dicas para vencer esse medo e destravar o seu inglês. Primeiramente, vamos entender quais são os motivos que geralmente levam uma pessoa a travar na hora de falar e como lidar com cada um deles.


🥶 Medo de errar


Eu diria que esse é o motivo mais comum para as pessoas travarem na hora de falar inglês. Muitas compreendem bem o inglês ao ler e ao ouvir, algumas também escrevem com facilidade, mas na hora de falar simplesmente travam. O que atrasa, ou às vezes até impede, o progresso dessas pessoas no aprendizado do idioma é o medo de errar.


Não pense que só você passa por isso. Muitas pessoas têm medo de errar quando começam a falar em inglês, mas para lidar com isso é preciso aceitar uma grande verdade: você vai errar.


Apesar de simples na teoria, aceitar que você vai errar não é tão fácil na prática. O essencial é compreender que não tem nada de mau em errar, ninguém espera que você comece a aprender inglês e saia falando perfeitamente bem. No início é completamente normal não dominar o verbo to be ou não saber conjugar os verbos irregulares.


Sabe qual é a boa notícia disso tudo? É que mesmo com esses erros você pode ser compreendido. É isto que realmente importa nesse momento: conseguir se comunicar.


Para explicar melhor vou lhe dar um exemplo. Imagine que você trabalha em uma cafeteria, entra um estrangeiro e diz “Eu querer copo grande, quanto pagar?” Pode até ser que você não compreenda na primeira tentativa do gringo, mas rapidamente você vai entender o que ele quer.


A questão fundamental da fala é toda essa: comunicar-se. Quando começamos a aprender uma língua, nosso objetivo ao falar é ser compreendido e não seguir todas as regras da gramática. Portanto, não tenha medo, errar é normal e esperado. O que você precisa é falar e, com o tempo, vai se saindo cada vez melhor.


😓 Pouca familiaridade com os sons da língua inglesa


Algumas vezes o que leva as pessoas a travarem no inglês é não saber como pronunciar, não estarem familiarizados com a fonética da língua. As pessoas que se mudam para um país de língua inglesa aprendem a falar com muito mais facilidade, pois escutam o idioma durante todo o dia e familiarizam-se com os sons das palavras.


Qual a solução? Exponha-se ao inglês, diariamente. Mesmo que você não compreenda o que está sendo dito, experimente ouvir um audiobook, rádio ou músicas em inglês. O seu cérebro irá familiarizar-se com os sons e ficará muito mais fácil reproduzí-los.


Para entender melhor como isso acontece, compare o aprendizado do inglês com o de sua língua nativa. Pense em como uma criança aprende o português. Primeiro, quando bebê, a criança passa meses ouvindo várias pessoas falando; depois ela começa a querer fazer os mesmos sons, mesmo sem entender o que as pessoas estão dizendo. A questão é que as crianças repetem os sons que estão acostumadas a ouvir, mesmo que não façam a menor ideia do que significam.


🤭 Pouco vocabulário


Esse é o terceiro motivo que leva as pessoas a travarem no inglês. Algumas até falam sem medo, sabem pronunciar, mas na hora de se comunicar não possuem vocabulário suficiente para dizer o que precisam.


Para adquirir vocabulário também é preciso estar em contato com a língua. No entanto, não é exatamente como o segundo motivo. Neste caso, o seu foco deve ser realmente procurar assuntos do seu interesse, ouvir as palavras e compreender seus significados.


Uma dica valiosa para adquirir mais vocabulário é procurar aprender sobre novos temas em inglês. Comece por temas mais gerais e do dia a dia, como itens de casa e cozinha, materiais de escritório, emoções, partes do corpo, animais.


Você pode também buscar aprender sobre assuntos de seu interesse ou que estão relacionados à sua profissão. Por exemplo, se você gosta de cozinhar, experimente ver vídeos e ler receitas de culinária em inglês.


Neste caso é importante aprender as palavras e o sentido de cada uma delas. Uma forma de fazer isso é anotar as palavras novas. Em seguida, separe um tempo toda semana para procurá-las no dicionário e escrever frases com elas.


🤓 Método de ensino ineficaz


Se você tem possibilidade de fazer aulas de inglês, faça, pois isso vai ajudá-lo a destravar o idioma com muito mais facilidade. Contudo, escolha bem o curso.


Hoje em dia, com a internet, está cada vez mais fácil acessar e compartilhar informações. Apesar de trazer muitas possibilidades, essa facilidade em transmitir conteúdos traz alguns pontos negativos. Nem toda informação é de qualidade, você vai encontrar muitos cursos disponíveis, mas não quer dizer que sejam bons. Escolher um curso ineficaz pode representar perda de tempo e dinheiro.


Portanto, procure um curso de qualidade, com professores habilitados e metodologia comprovada. É o caso do  Instituo Stephanie Lich. O Instituto prepara suas aulas através de um método de excelência. O aluno recebe um material muito bem preparado e faz aulas personalizadas de acordo com seus objetivos.


Se o seu intuito é destravar o inglês e alcançar a fluência na língua inglesa, conheça todos os benefícios de estudar conosco.  

Posts Relacionados